Publicado em 29 de maio de 2015 às 17:02

Aeroporto de Brasília é eixo de conexões domésticas

Segundo levantamento da TAM, metade dos 380 mil passageiros que voaram pela companhia em janeiro e passaram pelo aeroporto Juscelino Kubitschek seguiam para outros destinos. De acordo com a companhia, o aeroporto se destaca como eixo de conexões domésticas.

O aeroporto tornou-se o segundo maior do Brasil e quarto maior da América Latina após a ampliação feita para receber visitantes na Copa do Mundo. Só em janeiro, foram 800 mil pessoas que passaram por lá.

A TAM espera que haja crescimento significativo de passageiros a partir do segundo semestre, quando estreiam novos voos da companhia para Buenos Aires (Argentina) e Orlando (Estados Unidos) partindo de Brasília.