Publicado em 28 de julho de 2012 às 13:50

Gaviões adestrados vão afastar pássaros que atrapalham as operações de pouso e decolagem no aeroporto de Belém

Brasília – Dois gaviões asa-de-telha terão a partir de hoje (27) a missão de caçar aves que possam atrapalhar pousos e decolagens no Aeroporto Internacional Val de Cans, em Belém. Os gaviões, batizados de Osco e Naruma, farão voos ao redor do terminal para afugentar as aves que causem risco aos aviões.

A estratégia é parte do Plano de Manejo de Fauna do aeroporto. De acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), gaviões também são usados no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre.

A atividade de falcoaria é autorizada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os animais são treinados para afastar e capturar pássaros. As aves capturadas são imobilizadas, levadas para o Ibama e devolvidas à natureza em regiões distantes do aeroporto.

De acordo com a Infraero, a utilização de gaviões tem o objetivo de diminuir a presença de aves próximas aos aeroportos. Elas podem provocar acidentes e interromper pousos e decolagens.

Fonte: Agência Brasil