Publicado em 18 de janeiro de 2013 às 11:44

Fiscalização intensificada em aeroporto de Manaus

A fiscalização no Aeroporto Eduardo Gomes, zona oeste de Manaus, será intensificada pela Receita Federal, já que houve um aumento de cerca de 20% na movimentação de passageiros no local neste primeiro mês do ano.

Visando evitar que as filas ficassem muito longas, a Receita Federal chegou a deslocar servidores de outros locais para auxiliar a equipe de fiscalização no aeroporto. O principal foco é evitar a entrada de mercadorias ilegais no país e o excesso de bagagem.

De acordo com dados divulgados pela própria Receita Federal, 1,5 milhão de mercadorias foram apreendidas no aeroporto amazonense em 2012, além de mais R$ 5 milhões em tributos (sendo que apenas 45% foram recolhidos espontaneamente pelos viajantes).

A cota de isenção é de US$ 500 por pessoa com restrições também para a quantidade de produtos. Cada pessoa pode trazer apenas, no máximo, 20 itens de até 10 dólares e outros 20 itens de maior valor, sendo, no máximo, três iguais.

Da redação, com informações G1