Publicado em 11 de abril de 2013 às 15:48

Queda no preço de passagens aéreas desacelera IPCA

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os preços das passagens aéreas sofreram uma queda de 16,43% em março deste ano. O índice é uma das influências negativas por item sobre a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

A ação apresentou uma influência de -0,1 ponto percentual para a taxa do IPCA, que foi de 0,47%. As passagens aéreas já tinham apresentado uma queda de 9,98% em fevereiro, o que puxou a deflação de 0,09% no setor de Transportes no mês passado, que apresentou uma variação de 0,81% em relação ao mês anterior.

A gasolina, após um aumento de 4,10% em fevereiro, também diminuiu o ritmo de alta caindo para 0,09% em março, após o reajuste de 6,6% no preço do litro em janeiro de 2013.

Nos transportes terrestres, como nas tarifas de ônibus interestaduais e urbanos, também apresentaram queda, de -0,97% e 0,35% em março, respectivamente. O preço de automóveis novos também apresentou uma desaceleração para 0,35%.

Da redação, com informações Exame.com